Dória diz que Cássio tem seu apoio caso resolva ser candidato em 2022: “Ele foi um grande senador, um grande governador”

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), revelou que o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) terá seu apoio, caso decida disputar as eleições de 2022. Ele destacou que não pretende interferir no processo eleitoral da Paraíba, mas que não poderia furtar-se “a falar de um amigo”. As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Correio FM, nesta terça-feira (1).

“Gosto muito do Cássio, é meu amigo e tenho enorme respeito, assim como tenho pelo Pedro e como tinha por Ronaldo. Tenho muita estima pelo Cássio e, se essa for a sua decisão, terá o meu apoio. Ele foi um grande senador, um grande governador e é uma pessoa de bem”, disse.

Ao ser questionado se será candidato a presidente da República em 2022, Dória deixou claro que agora não é o momento para tratar sobre política, mas frisou que está preparado para enfrentar o que vier pela frente. Ele citou que é filho de pai nordestino e que aprendeu a enfrentar as adversidades e superar todas as dificuldades. Também revelou que desde muito cedo trabalha e que não é filho de ricos.

“Me sinto motivado a defender o meu país e por isso vim para a vida pública. Sou empresário e construí a minha vida trabalhando muito. Comecei como office-boy”, frisou.

O PSDB trabalha ainda silenciosamente por conta da pandemia, pela pré-candidatura a governador do filho de Cássio, o deputado federal Pedro Cunha Lima. Cássio, por sua vez, segue fora da política após não conseguir a reeleição em 2018, quando perdeu para Veneziano Vital (MDB) e Daniella Ribeiro (Progressistas).

Veja também:

Compartilhar