Com avanço da vacinação, secretário de Educação prevê retorno das aulas presenciais para julho em Campina Grande

Tudo dependerá do ritmo da vacinação, mas com mais doses de vacinas chegando e a inclusão dos trabalhadores da Educação, o secretário de Educação de Campina Grande, Raymundo Asfora Neto, tem enxergado uma ‘luz no fim do túnel’ para o retorno das atividades escolares presenciais. Ele avalia que, caso a imunização dos profissionais continue avançando, as aulas poderão ser retomadas a partir do próximo mês.

De início em um sistema híbrido, com até 50% dos estudantes presentes. A Secretaria Municipal de Educação também deverá lançar oficialmente, em breve, um sistema remoto de aulas, para possibilitar o ensino à distância.

Acesse: Novo decreto da Prefeitura de Campina Grande vai seguir regras do Estado com adequações para o comércio, diz Bruno

“A vacinação dos trabalhadores foi uma das condições colocadas pelos servidores para um retorno às aulas. E nós acolhemos o pleito do sindicato da categoria. Agora estamos otimistas com a possibilidade de avançarmos na imunização e, depois, retornarmos às atividades”, disse Raymundo ao blog do jornalista João Paulo Medeiros.

Veja também:

Compartilhar