Paraíba tem cinco registros de óbitos de prefeitos no período de um ano; gestor de Guarabira foi o primeiro

Desde o início da pandemia que a Paraíba já perdeu cinco prefeitos vítimas de Covid-19. Dois morreram o ano passado, o prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano foi o primeiro, num momento que o município era um dos mais afetados pela pandemia com número grande de casos e o prefeito do Ingá, Manoel Batista Chaves Filho, conhecido como Manoel da Lenha.

Os casos passaram a aumentar em 2021 com a morte da prefeita de Coremas, Francisca das Chagas, a Chaguinha e um mês depois foi registrado o óbito do do prefeito de Pitimbu, Jorge Luiz de apenas 43 anos.

Ontem (5) faleceu o prefeito de Riacho de Santo Antônio, Cariri da Paraíba, Gilson Lima, elevando para cinco o número de gestores públicos mortos em por complicações da Covid na Paraíba.

Compartilhar