Campina Grande de luto: Josy do Bar do Nilson e Anselmo da padaria Pastiannes morrem vítimas da Covid

Faleceu na manhã de domingo (6) Josiane (Josy), irmã do proprietário do Bar do Nilson, estabelecimento localizado próximo ao Parque do Povo em Campina Grande. Ela trabalhava no local e testou positivo para Covid-19 há cerca de 15 dias, estava internada, mas não resistiu.

Frequentadores do bar usaram as redes sociais para se despedir de Josiane, conhecida por sua gentileza e educação com todos e por vender doces que ela mesmo fazia. “Só quem teve o prazer de conhecer Josy sabe o quão linda ela era. O mundo perdeu um pouco de sua alegria e doçura. Que Deus console toda a família de Nilson”, escreveu a fotografa Marcinha Lima.

“O sorriso da Josy, os docinhos, o ‘já lhe atendo, meu amor’, o olhar de afeto, a escuta dela. Eu não tinha sua amizade além Bar do Nilson, mas, por ser cliente fiel, eu a tenho no coração há muito tempo! Que ela esteja em paz porque nós mesmas não estamos!”, publicou Maria Gouveia no Twitter.

Por causa do risco de contaminação pelo Coronavírus, o sepultamento aconteceu com o caixão lacrado e reservado a poucas pessoas. Um cortejo foi organizado em frente ao Bar de Nilson no início da noite.

Também faleceu no domingo vítima da Covid Anselmo Apolinário, dono da tradicional padaria campinense Pastiannes, situada no bairro do Catolé. Aos 72 anos de idade, ele chegou a ser vacinado contra o vírus, mas seu estado de saúde se agravou. “Anselmo lutou incansavelmente. Fica em legado de honestidade, bravura e respeito pela vida”, lamentou a padaria nas redes sociais.

A Secretaria Municipal de Saúde notificou até o dia 6 mais de 33 mil casos da Covid-19 e 835 óbitos. 89% das UTIs estão ocupadas e 93% dos leitos de enfermaria, comprovando o agravamento da pandemia na cidade.

Redação Paraíba Debate

Compartilhar