Professora da dança da Paraíba presta B.O após ser constrangida em condomínio onde mora por gravação de vídeos

A dançarina e professora Giordana Leite, paraibana pioneira do Dembow Dance e reconhecida vem sendo alvo de constrangimentos pelas redes sociais e através de áudios enviados a ela, por algumas pessoas que moram no condomínio dela em João Pessoal e disseram se sentir ofendidas com os vídeos que ela posta nas redes sociais, nos quais dança o estilo reggaeton. Eles alegam que as roupas e a dança são ofensivas para um espaço familiar.

Graduada em Educação Física pela UEPB, Giordana Leite passou a divulgar suas aulas pela internet para sobreviver às limitações da pandemia. “Fui ameaçada por mensagens por vídeos postados por mim no perfil do Instagram, expondo a minha imagem e fiquei horrorizada, uso a área comum do prédio, mas sempre escolho locais vazios e sem movimentação, ao lado do meu apartamento, na piscina, mas quando não tem ninguém, esta situação toda está afetando minha vida pessoal, meu psicológico, ainda bem que tenho suporte da família, mas mesmo assim é difícil, mas não vão conseguir me calar.

Num dos áudios recebidos, a mulher que postou vídeos de Giordana a constrange e ameaça: “Não sei de onde você é e de onde veio, eu sei que eu sou proprietária de três apartamentos aqui que é familiar e hoje foi abordada por uma prima minha que é da Policia Federal e disse que isso não pode acontecer. Não vai ficar assim, eu não tenho marido para ter ciúme, mas tenho três netas menores do sexo feminino, isso são atos obscenos explícitos, eu digo onde passar, você não sabe com quem você tá falando, entendeu? Isso não vai ficar desse jeito, tá certo…”.

As pessoas que expuseram a professora administram grupos de Whatsapp do condomínio, que após a situação se posicionou favorável a gravação dos vídeos por entender que ela não infringiu nenhuma regra.

Giordana começou a trabalhar com dança aos 19 anos, qiando recebeu o convite para ministrar aulas de dança contemporânea e Balé Clássico, pelo então diretor do Teatro Municipal de Campina Grande, Saulo Queiroz. A partir daí começou a pesquisar sobre o Reggaeton: estilo musical que tem suas raízes na música latina e caribenha e foi estimulada a criar um projeto para dar aulas de dança, dos estilos que mais se identificava.

Assim, surgiu o projeto Dembow Dance, que engloba diversos estilos musicais, principalmente o Reggaeton cujas influências passam pelo Dancehall, Afrohouse, Quizomba e Salsa, tornando o projeto uma fundamentação do ritmo panamenho, no qual se tornou a pioneira no Brasil.

Ela já deu entrevistas em várias emissoras de televisão e participou do programa de Fátima Bernardes na Globo, tendo estúdio e atividades realizada entre Campina Grande e João Pessoa.

Compartilhar