Pocinhos: Padre Dezenilton anuncia retorno de Missas presenciais na Paróquia Nossa Senhora da Conceição

O decreto publicado nesta sexta-feira (18) pela Prefeitura de Pocinhos com medidas de controle e prevenção à Covid-19 disciplina o funcionamento das atividades religiosas no município, com isso Padre Dezenilton, responsável pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição, pelas redes sociais, informou como se dará o retorno das Missas com público. No início do mês as celebrações passaram a ser realizadas exclusivamente via internet em respeito ao decreto estadual e municipal.

Dezenilton destaca que a participação dos fiéis nas Missas deverão ser feitas a partir de agendamento, mas que neste final de semana, sábado (19) e domingo (20), isso não acontecerá pois equipes para os serviços que apoio ainda não foram organizadas. O sacerdote também garante que em breve uma reunião com os membros da Paróquia discutirá a retomada das demais atividades de maneira gradual. Confira:

  • A partir da próxima segunda-feira retornaremos à prática de agendamento para a participação dos fiéis nas missas celebradas na Igreja Matriz. Conforme o decreto, a participação será restrita à capacidade de 30% da igreja;
  • Neste final de semana, ainda realizaremos as celebrações sem a presença dos fiéis, devido ao fato de não termos feito o agendamento dos fiéis para os três horários dominicais disponíveis. Além disso, precisamos de tempo para remontarmos as equipes apoio para a acolhida e segurança sanitária dos fiéis;
  • As celebrações de matrimônio e de batizados com datas exauridas deverão ser remarcadas na secretaria paroquial, a partir de segunda-feira, 21 de junho, no horário matutino (das 8:00-12:00);
  • As capelas, os movimentos, serviços e pastorais retomarão suas atividades de forma gradual. Antes disso, será marcada uma reunião remota com os coordenadores e responsáveis para tratarmos das normas a serem adotadas para os correspondentes encontros.

“Damos graças a Deus, em especial pela significativa redução dos números de infectados no território municipal. Assim como nos unimos em solidariedade às famílias que perderam entes-queridos nestes severos dias pelos quais atravessamos. Que Deus escute o nosso clamor e apazigue totalmente a tempestade pela qual estamos passando”, concluiu o Padre.

Redação Paraíba Debate

Veja também:

Compartilhar