Prefeitura paraibana é investigada por possíveis irregularidades no pagamento da Lei Aldir Blanc

A Prefeitura de Guarabira, sob a gestão do atual prefeito, Marcus Diôgo (PSDB), está sendo investigada por supostas irregularidades no pagamento da Lei Aldir Blanc do município. A investigação está sendo conduzida pela promotora Andréa Bezerra Pequeno de Alustau, da 4ª Promotoria de Justiça de Guarabira, a partir da denúncia de uma cidadã identificada por Micheline Martins Marques.

De acordo com a denunciante, a Prefeitura repassou recursos da lei de apoio cultural para a TV Mídia (Portal Mídia) que, em retorno, teria veiculado uma campanha publicitária do município contra a covid-19 e para um grupo de teatro chamado Companhia do Prato, cujo o representante, Diogo da Costa Pereira, não moraria, sequer, no município.

A Prefeitura de Guarabira foi oficiada para remeter a lista de todos os beneficiários da renda emergencial prevista na lei, bem como a cópia dos processos administrativos que garantiram os recursos aos grupos citados.

Fonte: PBAgora

Compartilhar