Veneziano chama pré-candidatura de Romero de “sem conteúdo” e cita Operação Famintos

O senador Veneziano Vital (MDB) comentou, em entrevista a uma emissora de rádio campinense, sobre o processo eleitoral de 2022, após uma reunião realizada pela oposição na semana passada. Ele disse achar o ato compreensível e natural para este período, mas criticou a tendência do grupo lançar o ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD) como candidato em oposição ao governador João Azevêdo (Cidadania).

“Essas dúvidas recaem, principalmente, pela perspectiva do nome que surgiu como uma opção, eu continuo a dizer é uma opção, se for esta, respeitando, porque não serei eu a dar opinião, muito sem conteúdo [Romero Rodrigues]”, afirmou.

Para justificar sua posição em chamar o ex-prefeito de Campina Grande de “muito sem conteúdo”, o senador declarou: “Imagine em uma disputa eleitoral a nível estadual: qual vai ser a experiência que o ex-prefeito vai dizer na área de Educação? A experiência é que houve roubalheira com a Operação Famintos. Qual a experiência que o ex-prefeito vai dizer com relação à Saúde? Que acabou com a atenção básica e que ficou notabilizado por ter entregue nos últimos dias do seu governo uma obra que é inexiste, como é o Hospital da Criança. Qual é a experiência que o ex-prefeito vai dizer como defensor de um projeto que em relação aos servidores públicos estaduais? Quando nunca realizou um concurso público e só veio realizar no período de campanha, por força de uma determinação ministerial”, cravou.

Veja também:

Compartilhar