Ministério da Saúde libera 2ª dose da Pfizer ou Coronavac para grávidas que tomaram AstraZeneca

O secretário Executivo de Gestão de Redes de Unidades de Saúde do Estado, Daniel Beltammi, confirmou nesta terça-feira (29) a nova diretriz do Ministério da Saúde no tocante a vacinação contra a Covid-19 das grávidas. De acordo com o secretário, o MS liberou a imunização das gestantes que tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca com a segunda dose da Pfizer ou da Coronavac.

“O Ministério da Saúde sinalizando a possibilidade de continuidade dos esquemas vacinais. Para quem começou a sua primeira dose, e estava grávida, com a vacina da AstraZeneca. Fazendo a sinalização do que já havia dito anteriormente, inclusive já havia anteriormente autorizado a continuidade da vacinação das gestantes com comorbidades com a vacina Pfizer e com a vacina Coronavac. São as duas vacinas indicadas”, disse Beltammi à Arapuan FM.

Também segundo o secretário, ainda não há previsão do quantitativo de doses que será enviado pelo MS para completar o ciclo de imunização desse grupo, que é uma dos prioritários dentro do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Governo Federal. “Então, a partir de agora é preciso ver como vão ficar os lotes de vacinas que virão para esse fim para todos os estados. Nós estamos aguardando agora a definição para as próximas pautas”, afirmou Daniel.

Veja também:

Compartilhar