Novo decreto estadual deverá ter menos restrições, mas sem “abertura geral”, diz João Azevêdo

Diante da queda de casos e óbitos por Covid-19 na Paraíba, o governador João Azevêdo (Cidadania) prevê medidas menos restritivas nos próximos dias. Ele disse que o Governo do Estado quer flexibilizar algumas atividades no novo decreto que será publicado ainda esta semana, mas não poderá promover uma “abertura geral”.

“A gente terá um decreto que poderá flexibilizar mais alguma coisa, mas não é uma abertura geral. Nós não estamos em condições”, ponderou Azevêdo.

O último decreto vale até o dia 2 de julho. Da quarta (30) para a quinta-feira (1) a equipe técnica do Governo do Estado vai avaliar os números e decidir sobre as novas recomendações sanitárias. Na mais recente avaliação do ‘Plano Novo Normal’, 62 cidades que estavam na bandeira laranja evoluíram para a cor amarela.

Esse indicador deverá ter um peso significativo para as próximas medidas, assim como a vacinação. A ocupação dos leitos e a média de mortes, que hoje é de 15 por dia, também. “A gente quer isso, que os números melhorem. Para que possamos flexibilizar mais ainda esses decretos”, completou.

Veja também:

Compartilhar