Bruno Cunha Lima diz que, se houver polarização, votará em Bolsonaro

Ao ser questionado a respeito de seu apoio para a presidência da República no próximo ano, o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), afirmou que o modelo apresentado pelo Partido dos Trabalhadores não lhe representa.

Ele disse que, caso haja a polarização aventada entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sua posição será votar pela reeleição de Bolsonaro.

– O modelo representado pelo PT eu corro longe. Quem conhece a administração pública sabe os malefícios que foram trazidos para as estruturas, o aparelhamento, tudo. Eu não vou entrar em detalhes. Essa polarização é muito ruim. Naturalmente, se houver essa polarização, eu voto no presidente – colocou.

De acordo com Bruno, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, demonstrou uma vontade de tentar construir uma candidatura própria do partido para o pleito do próximo ano. Também disse que seu foco no momento não é a política, mas sim a gestão.

Ele ainda considerou que muitos integrantes da CPI da Covid-19 estão fazendo da comissão “um espetáculo” e citou que é preciso primeiramente resolver as questões referentes à pandemia e combater o que está tirando vidas diariamente.

Fonte: Paraíba Online

Compartilhar