Joice Hasselmann não saiu do apartamento durante cinco dias, revela investigação da Polícia Legislativa

O Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol) realizou perícia em 16 câmeras do prédio onde se localiza o apartamento funcional da deputada Joice Hasselmann  e concluiu que a parlamentar não saiu do imóvel de quinta (15) a terça-feira (20), momento em que teria saído para o hospital. Além disso, foram realizadas oitivas de funcionários que trabalham no local. Também não foi identificada a entrada de nenhuma pessoa estranha nesse período. 

O Depol já enviou o inquérito acerca do caso para o Ministério Público Federal. Caberá ao Procurador da República oferecer ou não a denúncia à Justiça Federal. 

A Câmara esclarece que há segurança nos locais onde se localizam os apartamentos funcionais dos parlamentares. Os prédios possuem vigilância armada e porteiros, ambos 24 horas por dia, 7 dias por semana.  Além disso, há câmeras de segurança e rondas ostensivas, com viatura caracterizada. 

Demais informações sobre a investigação do caso da deputada Joice Hasselmann, no âmbito do Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados, são sigilosas, conforme artigo 20 do Código de Processo Penal.

Compartilhar