Exposição fotográfica sobre Art Déco expõe beleza da arquitetura de Campina em galeria do Municipal

Dando seguimento a fase de contrapartidas da Lei Aldir Blanc, a Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Secretaria de Cultura, apresenta a exposição “Déco em Movimento”, do jornalista e fotógrafo Jorge Barbosa. A proposta foi contemplada pelo edital 006 – Artes Visuais. A exposição irá acontecer na Galeria de Artes Irene Medeiros, localizada no Teatro Municipal Severino Cabral, a partir das 19h, e ficará exposta até o dia 30 de agosto. 

A exposição tem como principal objetivo mostrar as belezas da arquitetura Art Déco de Campina Grande, alertar para a necessidade de preservação e valorização desse importante patrimônio e mostrar a resistência deste estilo arquitetônico diante do tempo. As fotografias exaltam as belezas e o valor do patrimônio arquitetônico das principais ruas do Centro de Campina Grande, que sobrevivem com dificuldade às modernas transformações urbanas. 

Jorge é formado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e possui mais de 20 anos dedicados à fotografia documental. Trabalhou em jornais como Correio da Paraíba, Jornal da Paraíba e Diário da Borborema.  Além disso, produziu projetos de fotografia documental em países como Bolívia, Peru, Austrália e Estados Unidos, onde em 2014 venceu o concurso “Essex Parks Photography Contest”, promovido pelo governo do Estado de Nova Jersey. 

A Art Déco, que surgiu na França no início do século XX, teve como marco principal a “Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais Modernas”, ocorrida em 1925, em Paris. Já no final da década de 1990 foi criado o projeto “Campina Déco” com o intuito de preservar esta arquitetura em Campina Grande, abrangendo as ruas Maciel Pinheiro e parte da Venâncio Neiva.  

O Edital visa a valorizar e fortalecer a diversidade cultural de Campina Grande, democratizando ações e levando arte à sociedade. A exposição acontecerá respeitando os protocolos sanitários de combate a covid-19 e mantendo o distanciamento físico necessário e respeitando decreto vigente. 
— 

Compartilhar