Eletricista corre contra o tempo para fazer cirurgia de nódulo no pescoço; família precisa de ajuda urgente

Um trabalhador da construção civil do Rio de Janeiro que veio morar na Paraíba com a esposa à serviço da firma, em abril deste ano, vem enfrentando um drama, numa verdadeira luta contra o tempo para fazer uma cirurgia. Transferido para Campina Grande já com nódulo no pescoço, ainda não tinha diagnóstico por falta de tempo para buscar tratamento e com o agravamento, decidiu junto com a esposa, usar as poucas economias na realização de alguns exames.

Através deles que soube que além do nódulo visível, estava com mais três nódulos enraizados no músculo. A peregrinação iniciada no Hospital Universitário Alcides Carneiro, foi interrompida porque o médico disse que a cirurgia só poderia se realizada em dezembro.

Diante do quadro o eletricista Alan Oliveira e o diagnóstico da médica que solicitou os exames iniciais, a intervenção cirúrgica é urgente. A esposa dele, Nicole bateu em algumas portas para conseguir ajuda e chegou a uma emissora de televisão, onde gravou uma matéria solicitando socorro ao marido.

Com a matéria, o médico Uirá Coury, cirurgião de Cabeça e Pescoço, se prontificou a ajudar o casal que agora aguarda pela cirurgia.

“Quando vi aqueles nódulos fiquei assustada e pedi para a médica explicar e ela disse que a situação dele precisava de cirurgia o quanto antes, mas no HU onde ela seria feita, o médico disse que ele teria de esperar até dezembro. É uma corrida contra o tempo, ele já está sentindo dores e muito abatido por causa da situação da saúde e também financeira. Continua trabalhando, mas precisa dessa cirurgia urgente. Ai Dr Uirá viu o caso e olhou os exames, disse que vai fazer a cirurgia”, disse a esposa Nicole Targinato.

Mas apesar da esperança, o casal ainda esbarra nos problemas financeiros, já que Nicole está desempregada e não tem condições de realizar uma exame de tomografia do marido, que mesmo com dores e secreção na garganta oriunda dos nódulos, vai trabalhar todos os dias. “O dinheiro não é suficiente para pagar aluguel e fazer as compras e desde que cheguei aqui que procuro emprego, tenho bastante experiência, mas sem conhecimento não tenho conseguido nada”, disse a esposa.

Para ajudar o casal é preciso entrar em contato com o whatsapp e telefone de Nicole: (83) 9-8188-4229 e (24) 9-9971-6221.

Veja matéria:

Compartilhar