Ministério Público investiga suposta ‘compra’ de vaga no curso de Medicina da UFPB por R$ 80 mil

O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba está investigando uma suposta fraude no ingresso de um estudante no curso de Medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Segundo a denúncia, que foi a princípio recebida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em 29 de julho, mas encaminhada para o MPF por envolver uma instituição federal, o estudante alegou que ingressou no semestre 2021.2 do curso realizando um pagamento de R$ 80 mil para ter seu nome divulgado na lista de aprovados.

Ainda de acordo com o MPPB, o estudante responde por processos tributários e foi preso na “Operação Orange”, realizada pela Polícia Civil.

O MPF encaminhou nessa segunda-feira (9) uma cópia da denúncia ao reitor da UFPB, Valdiney Veloso Gouveia, e deu prazo de dez dias para que a instituição se manifestasse sobre o caso. A assessoria de comunicação da universidade afirmou na tarde desta terça-feira (10) que o reitor está em viagem e uma nota está sendo elaborada, mas até a publicação desta matéria o documento não havia sido divulgado.

Com informações do Portal Correio

Compartilhar