“Não faz isso, mamãe te ama”, diz mulher antes de ser morta com 30 facadas pelo filho adolescente em Campina Grande

Um crime brutal chocou os moradores do bairro Bodocongó, na cidade de Campina Grande, Agreste da Paraíba, na tarde desta segunda-feira (23). Uma mulher de 31 anos de idade foi morta com mais de 30 facadas e o crime foi cometido pelo próprio filho de 16 anos.

Segundo vizinhos, os dois começaram a discutir e a mãe do adolescente começou a gritar e implorar para que ele não a matasse: ‘Não faz isso, mamãe te ama, meu filho’.

Nem o pedido desesperado da mãe fez com que o filho atendesse e parasse de esfaquear a vítima. Viviane Rodrigues de Souza foi socorrida em estado grave para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de dar entrada na unidade.

De acordo com a Polícia Militar, o jovem foi abordado por populares nas imediações do Terminal de Integração das Malvinas e só não foi espancado e morto pela população enraivecida graças a intervenção das forças policiais. Conforme o delegado de Homicídios de Campina Grande, Francisco de Assis Silva, o adolescente confessou o crime e disse que matou a mãe porque ela o tratava mal. O adolescente foi apreendido e levado para a Central de Polícia.

Fonte: Notícia Paraíba

Compartilhar