Filha da 1ª pessoa que morreu de Covid em Pocinhos é vacinada pela irmã em momento de grande emoção

As irmãs Marcela e Maristela Lustosa sabem exatamente o que representa a importância da imunização contra convite e a manutenção dos cuidados para evitar o contágio por Covid-19. A mãe delas, a agente de saúde Rosicreuda Alves Lustosa, foi a primeira vítima da doença na cidade, em junho do ano passado. A perda da mãe gerou um vazio na família que só a fé e o exemplo de dignidade de Rosi consegue amenizar.

Ontem elas viveram um momento emocionante. Estela que é profissional de saúde teve a oportunidade de aplicar vacina na irmã Marcela, que fez questão de levar um cartaz lembrando da mãe e de como ela se cuidava e torcia para a produção na vacina, o que naquela época ainda era um desejo distante.

Do primeiro registro de morte por Covid, Pocinhos contabilizou mais 20 perdas e 1.476 casos confirmados da doença, mas com o avanço da vacinação que já ultrapassa a aplicação de 15.500 doses, já é possível enxergar uma esperança na melhoria da situação.

Leia Mais:https://paraibadebate.com.br/agente-de-saude-rosicreuda-foi-1-pessoa-a-morrer-de-covid-em-pocinhos-familia-tenta-superar-saudade/

Compartilhar