Motoboys protestam pedindo justiça por morte de mototaxista atropelado por empresário

Dezenas de motoboys protestaram no cruzamento da Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho com a Rua Mirian Barreto, no bairro de Manaíra, João Pessoa. Eles pedem justiça pela morte de Kelton Marques, de 33 anos, na madrugada de sábado (11), após ser atropelado pelo empresário Ruan Ferreira de Oliveira, de 28 anos.

“Infelizmente, o ato está causando grandes transtornos, inclusive, com desrespeito às normas de trânsito. Manifestantes na contramão e em ciclovias, mesmo com a Semob-JP, dando suporte, eles estão cometendo várias práticas irregulares”, disse Sanderson Cesário.

Kelton Marques fazia entregas quando foi atropelado no último sábado e arremessado junto com a moto. Ele morreu na hora. O motoboy complementava a renda familiar com a ocupação e ainda mantinha mais dois empregos para sustentar a esposa e filhas.

A Justiça da Paraíba, através da 3ª Vara Criminal de João Pessoa, decretou a prisão preventiva do empresário Ruan Ferreira de Oliveira, de 28 anos, suspeito de atropelar e matar o motoboy Kelton Marques, de 33 anos, no último sábado (11) em João Pessoa. O caso ocorreu no Retão de Manaíra.

Ruan Ferreira fugiu do local correndo após o atropelamento e foi flagrado por uma câmera de segurança. Ele não prestou socorro à vítima.

Imagens de dentro do veículo do suspeito mostram que ele ultrapassou o sinal vermelho no momento do acidente e estava a 163 km/h.

Fonte: PBagora

Compartilhar