Jovem de Esperança morre neste domingo, arrastado por correnteza na praia de Redinha

O paraibano Carlos Henrique, morreu afogado neste domingo (19) às 13h30, arrastado por uma corrente de retorno na praia de Redinha em Natal (RN). Ele morava em Esperança e era filho de Heleno do Laboratório, ambos bastante conhecidos no município.

A corrente de retorno é um fenômeno que está presente na maior parte das praias, pode acontecer na maré baixa e é uma das maiores causas de afogamento

Na ocorrência de hoje uma unidade de salvamento da Redinha se deslocou até o ponto e foi solicitado apoio, quando a equipe do Potiguar 01 se disponibilizou para ajudar, assim como outra guarnição que estava na praia do Meio. De acordo com os Bombeiros, um surfista entrou na praia e conseguiu resgatar uma das vítimas, enquanto outra foi retirada da água por salva-vidas. 

As duas pessoas resgatadas receberam atendimento. Enquanto uma foi levada para o Walfredo Gurgel, outra foi atendida por uma equipe do Samu.

As duas pessoas, que não tiveram a identidade confirmada, morreram.

A terceira pessoa que estava na água, que é uma adolescente de 15 anos, ainda não foi encontrada. 

Compartilhar