Sargento da Polícia Militar é morto na zona rural de Sumé na noite desta quinta-feira (18)

O sargento reformado, Célio Alves, natura de Monteiro foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (18) na zona rural do município de Sumé no Cariri Paraibano, onde morava. Ele era irmão do funcionário público Celso Alves, que faleceu há três meses vítima de infarto no último.. 

De acordo com as primeira informações, um Policial Militar identificado por Sargento Célio Alves, estava em sua residência no Sítio Poço de Pedra na zona rural do município de Sumé, quando dois bandidos encapuzados em uma Hilux efetuaram vários disparos de arma de fogo contra o policial. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Os criminosos levaram a  esposa do policial como refém e só a soltaram após percorrer alguns quilômetros. Foi ela quem conseguiu chegar em Sumé e comunicar as autoridades.

A polícia segue em diligências na tentativa de localizar os criminosos e por enquanto ainda não sabe se o crime tratou-se de um latrocínio ou teve alguma motivação desconhecida.

Compartilhar