MISTÉRIO EM CAMPINA: Morte de universitário que trabalhava como motorista de app encontrado dentro de carro em chamas choca família e amigos

A morte jovem estudante de Engenharia e motorista por aplicativo, Daniel Vítor Cavalcanti, 21, encontrado morto dentro de carro em chamas no bairro de Bodocongó III, em Campina Grande. A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios de Campina Grande está responsável pelo caso e trabalha com várias linhas de investigação.

Os moradores da rua Valéria dos anjos, ao perceberem o carro pegando fogo, se dirigiram até o local para tentar controlar as chamas. A equipe do corpo de bombeiros foi acionado.

Daniel cursava Engenharia Civil numa faculdade privada e trabalhava como motorista de aplicativo. Não está descartada a hipótese dele ter sido vítima por falsos passageiros.

O veículo, com placas do Rio Grande do Norte, pertencia ao tio da vitima e ficou parcialmente destruído pelas chamas.
Dentro do carro, foram encontrados documentos pessoais, celular e uma pequena quantia em dinheiro.

O caso ocorreu por volta das 21h de ontem e chocou familiares e amigos que não conseguem entender o que houve com o rapaz, cujo perfil é ordeiro e pacífico.

Compartilhar