ALERTA: Médica Adriana Melo revela susto que sofreu em praia do RN no 1º dia do ano

A médica e cientista Adriana Melo, viveu momentos de tensão no litoral potiguar onde passou o réveillon com a família na praia de Cotovelo. No primeiro dia do ano ela decidiu entrar na água para dar um mergulho quando foi surpreendida por uma corrente de retorno e durante cinco minutos ela tentou sair sem conseguir. A médica especialista em Medicina Fetal foi a primeira cientista a descrever os achados da Zika Congênita.

“Resolvi dar mais um mergulho no mar, pois a maré estava baixa. Foi quando me deparei com um fenômeno que não conhecia bem: corrente de retorno. Tentava nadar em direção a praia e era puxada e jogada em uma espécie de vala formada pela velocidade do retorno da agua em direção ao mar. Engoli bastante água. Vi que não sairia se continuasse nadando em relação a praia”.

Diante da situação desesperada a médica começou a acenar pedindo socorro. “Já estava bem cansada, quando avistei três moças e acenei para elas. Uma delas pensou que era uma conhecida acenando, só quando afundei e voltei é que ela percebeu que tinha algo errado e tentou pegar minha mão até que conseguiu e foi me puxando e assimconsegui sair, ainda desorientada, com ânsia de vômitos depois de ter engolido tanta água”.

Em seu Instagram a médica relata todos os detalhes do ocorrido e faz um alerta: “As correntes de retorno são um risco real para banhistas, sendo uma das maiores causas de afogamento nas praias com onda da costa brasileira. O grande volume de água retornando para o mar em uma alta velocidade dificulta a saída do banhista em direção a praia.

A médica disse que ingeriu muita água. “Bebi tanta água que queimou minha boca. Estou com edema de lábio e a garganta queimando muito. Passei o dia sentindo o gosto salgado da água do mar”.

Compartilhar