Governador apresenta contraproposta aos militares com incorporação de 100% da bolsa, reajuste e outros benefícios

O governador João Azevêdo apresentou uma contraproposta final aos militares durante uma nova reunião com a categoria na manhã desta quinta-feira (6). De acordo com o que foi discutido com as lideranças de associações da Polícia Militar, a nova proposta prevê a incorporação de 100% da Bolsa Desempenho no período de 48 meses, mantendo os 10% de aumento já sugeridos no primeiro encontro.

Outros pontos definidos na reunião foi os aumentos em relação ao auxílio-alimentação, que terá um reajuste de 24%, e aos plantões extras: 70% nos dias normais e 141% em dias especiais, como finais de semana e feriados. Os plantões também terão limite de 12 horas e não mais 24 horas, como ocorre atualmente.

“Acaba definitivamente com essa discussão e esse problema que existe entre ativos e inativos. Nós avançamos de forma significativa. Passamos de 80% [da bolsa] para 100%. Mantivemos os 10% de aumento, além dos aumentos no auxílio-alimentação e plantões extras. Logicamente, que isso passa por um plano de redução do horário nos plantões para que também se acabe com o problema do cansaço natural. Essa proposta está sendo levada para as assembleias. Eu tenho esperança e quase certeza que será aprovada para que na segunda-feira de manhã voltemos a fazer uma reunião com toda a equipe e bater o martelo em cima disso”, disse.

Fonte: ClickPB

Compartilhar