Prefeitura de Puxinanã garantirá pagamento do piso nacional dos professores

Em entrevista nesta quinta-feira (27) no programa Caturité nos Municípios, do jornalista Ubiratan Cirne. o prefeito de Puxinanã, Felipe Coutinho, garantiu o pagamento do piso nacional do magistério de 33%, sancionado hoje pelo presidente da República. O reajuste será pago em fevereiro com retroativo de janeiro, período necessário ao envio do projeto de lei do aumento para aprovação pela Câmara Municipal.

“É lógico que vamos aplicar o reajuste porque nossa política é de valorização do magistério e do servidor público. Vamos enviar o projeto à Câmara e assim que for aprovado, sancionamos e pagamos fevereiro direto e retroativo de janeiro e podemos fazer isto porque temos equilíbrio financeiro para isto e respeito à categoria”, disse o prefeito.

De acordo com Felipe além de todos os anos vir aplicando o reajuste, a gestão tem trabalhado para a melhoria da estrutura física da educação, mas principalmente com a política de valorização e qualificação dos professores através de Semanas Pedagógicas, eventos e atividades promovidas para os profissionais da educação.

“Entendemos que não adianta só fazer uma obra e o servidor não estar satisfeito, então hoje temos outro cenários, com professores motivados porque a gestão está dando a ferramenta para que eles possam atender ainda melhor os estudantes e por estarem com seus direitos assegurados e valorizados”.

O prefeito citou ainda que além do dever de casa do pagamento dos servidores dentro do mês trabalhado, todas as contribuições trabalhistas são pagas rigorosamente em dia e assim, que são repassados valores destinados aos servidores, eles são pagos até com antecipação, a exemplo do abono recebido pelos profissionais, responsável junto com a folha de pagamento do mês e  13º dos servidores, de injetar no município nos últimos 40 dias de 2021, mais de R$ 6 milhões de reais.

Compartilhar