Será que você tem algum dinheiro esquecido e não sabe? Veja como consultar

O site de consultas à valores esquecidos foi retomado nesta segunda-feira (14), após a primeira versão ser derrubada devido ao grande volume de acessos. A consulta ao dinheiro “esquecido” pelos brasileiros nos bancos está liberada novamente, depois da interrupção do serviço no mês de janeiro, quando o volume de acessos derrubou o site do Banco Central.

O serviço foi restabelecido em uma página específica. O cliente pode consultar apenas se há ou não recursos disponíveis durante o primeiro acesso, por ora, basta informar o CPF ou CNPJ .

  • Acesse o site https://valoresareceber.bcb.gov.br/
  • Pessoas físicas precisarão do CPF e no caso das empresas, para consultar a existência de recursos para saque é preciso utilizar o CNPJ
  • A página informará a data para consultar os valores e solicitar o saque – anote esta data
  • Na data informada, retorne à página e use seu login gov.br para acessar o sistema
  • Após o acesso, consulte o valor e solicite a transferência

Ao realizar a primeira consulta, o cliente do banco receberá uma data e o período para consultar e solicitar o resgate do saldo existente. Os períodos de saque serão agendados de acordo com o ano de nascimento da pessoa ou da criação da empresa..

E se eu perder a data para pedir o resgate?

Em nota, o banco central informa que a consulta inicial poderá ser feita a qualquer momento. Caso o cliente perca o período de acesso na data informada, terá que voltar no sábado da repescagem, de acordo com o calendário.

A repescagem irá funcionar durante todo o dia, das 4h às 24h, quem perder seu sábado de repescagem, poderá consultar ou solicitar o resgate do saldo existente a partir de 28/03/2022. “Mas não se preocupe, mesmo se você não consultar ou solicitar o resgate do saldo existente em todas essas datas, ele continuará guardado à sua espera”, declara o Banco Central.

Quando o dinheiro será pago?

 Banco Central informa: os valores esquecidos nos bancos serão devolvidos somente a partir de 7 de março.

Como será o pagamento?

A devolução será preferencialmente por PIX. De acordo com o passo à passo, após realizar o acesso no sistema, se o cliente solicitar o resgate sem a chave PIX, a instituição financeira escolhida entrará em contato para realizar a transferência.

Alerta do Banco Central referente as tentativas de golpe, seguem as instruções:  

  • Site oficial para consultar ao SVR (sistema de valores a receber)  bcb.gov.br.
  • O BC não entra em contato com o cidadão para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais. O BC também não faz envio de links.
  • Nenhuma instituição está autorizada a entrar em contato com o cidadão em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber.
  • O cidadão não deve clicar em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.
  • O cidadão nunca deverá realizar qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores.
  • Caso algum cidadão receba algumas das referências citadas, tenha cuidado, pois pode ser golpe.

Fonte: R7

Compartilhar