Especialista ressalta importância da fisioterapia no tratamento de dores na coluna

Levantamento da Organização Mundial da Saúde mostra que 80% da população mundial pode ser afetada por problemas na coluna, sendo a segunda maior causa de aposentadoria por invalidez no Brasil. Esse alto percentual está relacionado principalmente ao estilo de vida sedentário e à postura inadequada.

“As dores de coluna são uma das situações mais desconfortáveis e que prejudicam o bem estar de pessoa e o trabalho. Para reduzir as dores e voltar à mobilidade normal, temos a fisioterapia cujo objetivo é restaurar o movimento e a função das articulações e músculos”, afirma Welika Silva, fisioterapeuta do Sistema Hapvida , em Campina Grande (PB).

A partir da orientação de um médico especializado, Welika enfatiza que o tratamento fisioterapêutico para dor lombar pode ser feito com a utilização de aparelhos e alongamentos para alívio da dor, além de massagens para relaxar os músculos tensos e correção postural por meio de exercícios para eliminar a causa do sofrimento. A especialista explica que o tempo de tratamento pode variar de pessoa para pessoa.

“Podemos indicar exercícios de alongamento, utilizando faixas e elásticos, bem como exercícios de fortalecimento, utilizando bola Suíça. O plano de tratamento e exercícios é individualizado para cada paciente. Por isso , é que a participação do fisioterapeuta é tão fundamental”, enfatiza.

Em relação ao período pós-cirúrgico da coluna vertebral, Welika Silva ressalta que o objetivo é fazer com que o paciente consiga retornar às atividades diárias o mais breve possível, Entretanto, a especialista recomenda cuidado sempre de não trazer impacto à região operada.

Por fim, a fisioterapeuta destaca a importância para a prevenção, a exemplo de atentar para a postura corporal no dia a dia, adotar estilo de vida saudável para evitar o sobrepeso, praticar atividade física regularmente e fazer alongamentos diários.

Compartilhar