Empresas de ônibus de Campina não atendem justiça e população que dependia de linhas continua a pé

As empresas de ônibus que desativaram linhas que fazem rotas para distritos de Campina Grande, ignoraram intimação judicial determinando a circulação dos ônibus e ainda nesta segunda-feira, quem depende do transporte ficou a pé. Os moradores tentaram se virar como pode se cotizando para pagarem passagem de uber e outros aplicativos ou deixando de fazer os deslocamentos necessários por falta do transporte.

As linhas dos ônibus atingidas pela suspensão das empresas permissionárias de transporte público em Campina são as seguintes: 903-B, 910, 902 e 955, que ligam a cidade aos distritos de São José da Mata, Jenipapo, Estreito – Salgadinho e Galante.

O site entrou em contato com Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Campina Grande(Sitrans) através de sua assessoria, que informou que eles optaram por nao emitir posicionamento sobre o assunto.

Compartilhar