“A conversa é uma só: Pocinhos acabou”, diz Eliane Galdino em entrevista

Eliane Galdino

Durante entrevista a Rádio Pocinhos FM, na manhã desta segunda-feira(27), a ex-candidata a prefeita Eliane Galdino lamentou a situação de abandono que o município se encontra. Para exemplificar Eliane citou o projeto “Música na Praça”, que deixou de existir na atual gestão e devido a isso o entretenimento em dias de sábado, na praça do município foi retirado. Galdino ainda acrescenta que a retirada do projeto prejudicou a economia, já que muitos comerciantes deixaram de ter um retorno financeiro.

“A conversa é uma só: Pocinhos acabou. o que ainda temos é o hospital, que está praticamente fechado, e que so tem um recepcionista, um vigia e as pessoas esperando uma eternidade por um atendimento”, ressaltou Eliane.”Nosso povo esta clamando por dias melhores, pelos menos uma saude de qualidade, já que não existe”, completou.

A ex-candidata citou o caso do morador da Conpel, que teve o atendimento médico negado, e repercutiu nas redes sociais. Eliane diz ter se sensibilizado com o depoimento do morador, que o atendimento para a sua filha negado e foi mau atendido. “Vi naquele senhor a dor de muitos pocinhences, que assim como ele, mereciam ser respeitados no Hospital. Além da dor de chegar e a filha não ter sido atendida, ainda precisou enfrentar um mau do profissionais da saude” , afirmou.

“Não é porquê você têm um cargo maior que pode humilhar o outro,e se você está sendo humilhado procure o Ministério Publico e exponha.É direito de todo cidadão ter uma educação e saúde de qualidade”, completou, recomendando aos pocinhenses Eliane Galdino.

 

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp