Abaixo-assinado quer pressionar vereadores de Campina à recuarem decisão de reajuste salarial

Foto: Reprodução

O vereador Napoleão Maracajá do PC do B, que também é diretor de Comunicação do Sintab, informou, na manhã desta quinta-feira (22), que haverá abaixo-assinado na Praça da Bandeira, no Calçadão e em alguns bairros de Campina Grande para que a população possa expressar o seu desagrado quando às últimas medidas mais polêmicas aprovadas na Câmara Municipal de vereadores.

Maracajá afirmou que o abaixo-assinado começa às 10h e, é um “mecanismo a mais para pressionar os vereadores” a ouvirem à população e recuarem diante da decisão de implantar o 13° e o reajuste salarial de 26%, que Napoleão chamou de “escárnio”.

“Vamos oportunizar o povo de Campina Grande para que eles possam materializar sua indignação. Quem sabe vamos conseguir entre 50 ou 70 mil assinaturas porque não é possível que, com tudo isso, os vereadores não voltem atrás com esse absurdo, que foge a todos os parâmetros da moralidade, do bom senso e da ética”, disse Napoleão.

Napoleão criticou a falta de comunicação dos vereadores com a população.

“Não há uma única fala para receber a população. O que percebemos: alguns vereadores dizem uma coisa na imprensa e diante da população não diz nada. Está claro que há um pacto entre eles para que ignorem a população e a decepção da população de Campina Grande”, acrescentou.

Sobre a acusação de várias pessoas de que esse posicionamento do vereador Napoleão Maracajá acontece em decorrência da perda nas eleições de 2016, o vereador informou que “em 12 de maio deste ano” ele já justificava de sua posição.

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp