Adriano Galdino diz que vice só será escolhido após definição das coligações

O pré-candidato a prefeito de Campina Grande, Adriano Galdino (PSB) declarou na manhã desta segunda-feira, durante entrevista na rádio Campina FM, que só definirá o vice quando estiver composto o arca de alianças em torno de sua candidatura. Ele disse que o nome poderia vir do PMDB, embora esta possibilidade seja remota diante da conjuntura política atual.

De acordo com Adriano Galdino, essa discussão será feita em outro momento com todos os partidos reunidos e decididos a encontrar um nome de consenso. “Assim que tivermos definido os partidos que vão coligar conosco,  então nós vamos sentar com todas essas legendas em busca de um nome que possa somar e agregar a chapa majoritária. Quanto ao PMDB estou vendo que a possibilidade está mais distante,  seria uma  grande composição, mas temos outros nomes de partidos como o PSL, o PT do B, o PDT e o PC do B”, explicou.

O pré-candidato a prefeito e presidente da Assembleia Legislativa também admitiu que seu foco está no primeiro turno, para só depois traçar as estratégias para o segundo turno. “Eu me conheço e sei do meu potencial, estou acostumado a subir ladeira, a pular porteira e vencer obstáculos, quem conhece minha história de vida sabe disso e eu vou dia após dia ocupando espaço e vencendo cada degrau dessa escada. A minha candidatura até bem pouco tempo atrás era considerada uma aventura, hoje já não se pensa assim, daqui a um mês meses  ela é mais forte ainda e vamos ter uma candidatura competitiva para vencer as eleições de Campina Grande”, disse.

Adriano Galdino disse que está aberto a todos os partidos e lideranças políticas e que governador Ricardo Coutinho é um grande cabo eleitoral. “A análise do governo Ricardo tem de ser feita isenta das paixões políticas, o Estado da Paraíba tem enfrentado a crise de cabeça erguida com equilíbrio fiscal e financeiro porque o governador conseguiu este equilíbrio que o possibilita continuar fazendo obras por toda a Paraíba e em Campina Grande. E a Rainha da Borborema é uma cidade plural, uma cidade-mãe que acolhe filhos de todo o Estado e que reconhecem essa maneira de fazer política”, disse.

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp