Adriano Galdino é inocentado pela Justiça Federal

Frustrando os adversários políticos que montaram até um palco e som na praça central de Pocinhos, cariri do estado, o Presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Adriano Galdino (PSB), foi inocentado pela Justiça Federal da prática de improbidade administrativa, na época em que foi prefeito da cidade de Pocinhos.

Ele era acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de fraude em licitação nos convênios 240/2001 e 261/2001, firmados com o Ministério da Integração Nacional.

“Os convênios beneficiaram centenas de agricultores da zona rural do município. Na época, 130 cisternas foram construídas para amenizar os efeitos causados pela seca”, relatou Adriano.

De acordo com o TRF, não houve provas suficientes para uma condenação, dessa forma, o presidente da AL foi inocentado com 11 votos favoráveis.

Adriano já havia sido inocentado pelo Tribunal de Contas da Paraíba (TCE), Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público (MP) e pelo Ministério da Integração.

“Essa é apenas uma questão de perseguição política, os meus adversários vivem criando factoides. Sou inocente”, desabafou o deputado.

Adriano também lembrou que durante sua vida política já teve 12 contas aprovadas pelo TCE.

Saiba Também: Galdino transfere título para CG

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Adriano Galdino (PSB) vai mudar o seu domicílio eleitoral de Pocinhos para Campina Grande. Segundo a assessoria do parlamentar, a mudança será efetivada em solenidade marcada para o próximo dia 28, na sede da Associação Campinense de Imprensa – ACI.

Da redação.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp