Adriano Galdino participa de 2ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural

A 2ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural foi aberta na noite desta quarta-feira, 6, no Garden Hotel em Campina Grande e contou com a participação do presidente da Assembleia Legislativa de Campina Grande, deputado Adriano Galdino. O evento é realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf) em parceria com o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds).

O secretário de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido, Lenildo Morais, representará o governador Ricardo Coutinho no evento e destacará o esforço do Governo do Estado no fortalecimento da agricultura familiar e nos trabalhos de assistência técnica rural, de modo a melhorar a qualidade de vida das pessoas que trabalham no campo. Para ele, a proposta central da conferência é a discussão de ações que garantam um serviço de assistência técnica e extensão gratuita e de qualidade.

Durante a conferência serão debatidas ações que visam o fortalecimento da agricultura familiar e do sistema de extensão rural na Paraíba.

O evento deve reunir 200 pessoas no maior processo de participação social voltado para o público rural no estado, onde 15 territórios realizaram conferências antes da etapa estadual.
A mobilização é parte da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (2ª Cnater), realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf) em parceria com o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (Seafds).  O evento nacional, marcado para ocorrer de 31 de maio a 3 de junho, em Brasília, deve reunir mil pessoas de todo o Brasil para discutir políticas rurais.

Ao final do processo, a estimativa é de que 40 mil pessoas no Brasil tenham participado, construindo coletivamente o documento que vai nortear as políticas do MDA pelos próximos anos. Da Paraíba, 22 delegados serão eleitos para a nacional.

Compartilhar