Advogado do prefeito de Pocinhos afirma que vai recorrer da decisão de cassação

O prefeito da cidade de Pocinhos, Cláudio Chaves Costa (PTB), e a vice-prefeita Maísa Apolinário de Oliveira Costa (PMB) tiveram os mandatos cassados por decisão da Justiça nessa segunda-feira, 16.

A decisão, decretada pelo juiz eleitoral Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho, foi tomada devido à comprovação de abuso de poder econômico.

O advogado do prefeito, Alberto Jorge, disse durante entrevista concedida a Rádio Correio FM, que a defesa recebeu a determinação com tranquilidade, mas com surpresa por entender que a decisão do magistrado contraria o que foi colhido na instrução probatória, bem como por toda a documentação reunida nos autos.

“A atuação da defesa, nesse sentido, é de elaborar a peça recursal e interpor confiando numa nova decisão a ser tomada pelo TRE. A estratégia é demonstrar a verdade dos autos. Por questões éticas não posso adentrar no processo em si, mas a defesa está tranquila no sentido de interpor a peça recursal e espera a reforma da decisão de primeiro grau. Respeita a decisão do magistrado, mas entende que ela não é correta diante de tudo que foi construído durante a instrução processual”, frisou.

Segundo ele, cinco ações contra o prefeito Cláudio foram feitas, incluindo essa da cassação. Todas foram julgadas, duas delas como improcedentes e outras duas aplicadas multas.

“Inclusive, nessas decisões, o próprio magistrado enfatiza que há desnecessidade de qualquer reprimenda mais gravosa, pois entende que os fatos encontrados no processo seriam pontuais e não teriam condições de desequilibrar o pleito. Nós entendemos diferente, pois nem fatos foram encontrados e então serão passíveis de recurso. E uma das ações foi justamente essa que determinou a cassação do prefeito. E aí é bom enfatizar que essa questão também foi discutida em outra ação eleitoral e que foi julgada improcedente”, pontuou Jorge.

Redação com Paraíba Online

Entenda:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp