Aécio articula Cássio, mas Alckmin quer aliado para comando tucano

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) vem trabalhando nos bastidores a eleição do senador paraibano Cássio Cunha Lima para lhe suceder no comando do diretório nacional do partido.

Cotado para o posto, Cássio Cunha Lima disse que aceita a missão, caso seu nome seja consenso entre as lideranças da legenda. O tucano já adiantou que não será candidato se houver disputa.

Por outro lado, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, trabalha para emplacar um aliado no cargo.

A articulação foi repercutida na coluna Diário do Poder, do jornalista Cláudio Humberto, no Estadão online.

Fonte: Cláudio Humberto

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp