Aesa garante abastecimento do Cariri mesmo com suspensão temporária da Transposição

 O presidente da Aesa, João Fernandes, garantiu o abastecimento das cidades do Cariri durante o período em que o projeto de Transposição estiver interrompido em seu eixo leste na Paraíba. De acordo com João Fernandes, o Rio Paraíba se manterá perenizado com água que vem do açude de Camalaú, através da abertura de sua comporta.

João Fernandes declarou que era contra a suspensão da Transposição neste momento e defendeu que as obras nos açudes de Poções e Camalaú se dessem apenas de junho para julho deste ano. Como foi voto vencido, o presidente disse que ficou acertado com o Ministério da Integração que o Rio Paraíba não deixaria de ficar perenizado durante o período das obras de recuperação nos mananciais.

O presidente da Aesa tranquilizou a população do Cariri de que não faltará água para abastecer à região, e disse ainda que espera que em no máximo 4 meses o Dnocs conclua os serviços para que o bombeamento da Transposição volte à normalidade.

Da Redação com De Olho no Cariri

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp