ALPB debaterá revogação da Lei que propõe invistamentos em ações socioambientais

Foto: Ascom

Esta semana, a expectativa é de que haverá um debate, digamos, mais acalorado que de costume na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Sobretudo pelo fato de que ficarão em rota de colisão os deputados Frei Anastácio (PT), conhecido pela contundência com que defende as suas ideias, e Tovar Lima (PSDB), que defende a revogação da Lei criada pelo petista que determina que empresas invistam em programas socioambientais.

Nessa terça-feira (18), o tucano vai apresentar projeto para revogar uma lei de autoria do petista (nº 70/2015). A lei em questão obriga as empresas paraibanas a investirem até 1% do faturamento bruto em programas socioambientais que assegurem recuperação de rios, replantio de árvores, implantação de creches e cursos profissionalizantes. Tovar afirma que a lei é inconstitucional.

Frei Anastácio já deu o tom do que deverá defender na sessão e vinculou à atitude de Tovar à conjuntura da política nacional: “Como um deputado pode ficar contra uma lei dessa? Só pode ser para reforçar o projeto golpista instalado no país”. Frei acredita que existem “forças estranhas” pautando as atitudes do deputado Tovar Lima. Ele questiona o porquê de os deputados não terem avaliado antes que o projeto era inconstitucional, uma vez que ele foi aprovado pela maioria.

Já de acordo com Tovar a expectativa é de que pelo menos 13 parlamentares assinem o documento e que aconteçam mais adesões à medida que discussões ocorram no plenário da Casa. “Temos esses dois caminhos, sendo que o da Assembleia é mais rápido. Esse caminho pode demorar até 40 dias para ser completamente finalizado”, explicou o deputado Tovar Correia Lima, um dos responsáveis pela iniciativa.

Fonte: PBagora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp