Altas ofertas financeiras podem ter motivado o rompimento de prefeitos a Manoel Ludgério

Ainda é um assunto muito discutido e falado em todos os grupos do whatsapp, a notícia de que os prefeitos de Montadas e Lagoa Seca, Jonas Souza(PSD) e Fábio Ramalho(PSD), estão rompendo politicamente com o deputado estadual Manoel Ludgério(PSD) e apoiando a candidatura para a reeleição de Arnaldo Monteiro(PSC). Esse assunto tem gerado uma dor de cabeça, e pegou de surpresa amigos, familiares e correligionários de Ludgério.

Ainda é uma incógnita quais as negociações feitas pelos gestores para literalmente deixar Manoel “a ver navios”. Especula-se a concessão de vantagens financeiras, com valores exorbitantes, o evidencia o motivo de ter “virado as costas” para Ludgério. Vereadores desses municípios, que apoiam o deputado, dizem que os valores oferecidos chegam a saltar os olhos. “Repercussão grande aqui na cidade. Todo mundo sabe que tá rolando muito dinheiro. Falarão em 500 mil reais. Estão vendendo a gente”, afirmou um vereador que teve a sua identidade não revelada.

O fato é de que que correligionários e eleitores de Ludgério já haviam o alertado sobre essa investida do deputado e ex-prefeito de Esperança Arnaldo para ganhar o apoio na sua principal base política.

Essa traição gerou uma grande dor de cabeça ao deputado, a ponto de afirmar que “nunca foi tão humilhado na sua vida”, O telefone do deputado não para de chegar mensagens e ligações, segundo informações extraoficiais.

A nossa reportagem tentou de todas as formas entrar em contato com o deputado para saber a sua versão, aonde ele não atendeu as nossas ligações e nem respondeu às nossas mensagens via whatsapp. Nosso portal se encontra à disposição para que Ludgério possa dar seus esclarecimentos.

Redação

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp