Anvisa libera remédio para portadores de atrofia muscular, a pedido de deputado paraibano

Imagem: Ilustrativa/Reprodução

Foi graças a um ofício encaminhado pelo deputado federal Luiz Couto (PT-PB) ao Ministério da Saúde e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que o órgão decidiu liberar o registro do medicamento Spinraza (nusinersen), indicado para o tratamento de portadores de atrofia muscular espinhal (AME).

O parlamentar petista havia recebido uma solicitação feita pela presidente da Câmara de Campina Grande, Ivonete Ludgério, sobre a demanda de 26 famílias paraibanas, das quais 11 campinenses que gostariam de fazer uso da substância para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

No ofício, a chefe do legislativo campinense destacou a solidariedade e sensibilidade do deputado Luiz Couto, que prontamente procurou o Ministério da Saúde e a Anvisa para encaminhar o pleito.

Nos Estados Unidos, em 2016, a Agência de Administração de Alimentos e Drogas, FDA, aprovou o Spinraza (nusinersen), a primeira droga para tratar crianças e adultos com atrofia muscular espinhal, uma doença genética rara e muitas vezes fatal que afeta a força muscular e o movimento. O Spinraza é uma injeção administrada no fluido que envolve a medula espinhal.

Ascom

 

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp