Após perder quase R$ 1 milhão em recursos, prefeito de Itabaiana adota medidas de contenção de despesas

Mesmo mantendo um ritmo de construções e ações, a prefeitura municipal de Itabaiana inicia 2018 com uma notícia nada animadora. Através do decreto de número 001, desta terça-feira(2), a gestão vai adotar uma série de medidas de contenção de gastos, após uma queda drástica nos recursos.

Isso porque a ajuda financeira prometida pelo governo federal aos municípios não foi cumprida, e com isso Itabaiana deixou de receber recursos na ordem de R$ 400 mil. Os próximos meses de 2018 tem previsão de mais quedas de receitas. Neste último ano o município teve mais de R$ 2 milhões do seu orçamento sequestrados, devido a dívidas deixadas pela antiga gestão. Só neste mês de Dezembro foram sequestrados aproximadamente R$ 400 mil dos cofres do município.

Para amenizar os efeitos o prefeito de Itabaiana, Dr Lúcio Flávio(PSB), adotou algumas medidas, iniciando pela exoneração de todos os ocupantes de cargos comissionados e a rescisão contratual de todos os funcionários contratados por excepcional interesse público. O prefeito ainda determinou a revisão de todos os contratos de locação, e uma série de outros cortes em despesas diversas.

Para ilustrar um pouco mais da diminuição nos recursos, em Dezembro de 2016 Itabaiana recebeu recursos na ordem de R$ 3. 587.029,76 , enquanto que em Dezembro de 2017 o montante foi de R$ 2.548.190, 83, diferença de quase R$ 1 milhão. Só com sentenças judiciais, adquiridos em outras gestões, o município acaba tendo debitado das suas contas mais de R$ 870 mil. Além disso, a prefeitura detém um déficit mensal de R$ 300 mil de Fundeb, valor esse destinado ao pagamento de salários e encargos do magistério.

Redação

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp