Assembleia aprova a antecipação de vacinação contra H1N1 na Paraíba

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (6), a antecipação da campanha de vacinação contra a gripe H1N1, que causou o falecimento da estudante de 25 anos, identificada como Mirla Farias de Pereira, que estava internada no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande, desde o início do mês de fevereiro.

Os deputados estaduais aprovaram requerimento apresentado pelo deputado Ricardo Barbosa (PSB), presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Em sua justificativa, o deputado abordou a “urgente necessidade” de se antecipar a vacinação em todo o Estado. Segundo ele, o caso da morte da estudante é um sinal de alerta para a gravidade da situação.

“Nós já temos suspeitas de cinco mortes pela doença, uma já confirmada. Alguns Estados, como São Paulo, já estão antecipando suas campanhas de vacinação. Estamos fazendo apelo ao governador Ricardo Coutinho (PSB) e à Secretaria de Saúde no sentido de envidar esforços junto ao Ministério da Saúde para que antecipe o envio das vacinas para a Paraíba, onde a situação já começa a se configurar dramática”, informou.

No requerimento, o deputado justificou: “Cremos que seja oportuna a antecipação da campanha de vacinação visando a prevenção de uma nova epidemia”. Em todo o país são mais de 50 mil casos confirmados. A pandemia da gripe A (H1N1) foi iniciada em 2009, chegando ao Brasil em abril do mesmo ano quando duas pessoas chegaram do México apresentando os sintomas da doença.

Fonte: Wscom

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp