Bolinha lamenta comércio fechado há mais de 70 dias e sobre eventual lockdown em Campina Grande, afirma: “Desastroso”

61
Artur Bolinha (Foto: Divulgação)

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande (CDL-CG) e pré-candidato a Prefeitura, Artur Bolinha (PSL), afirmou nesta sexta-feira (22) que é totalmente contra a possibilidade de lockdown na cidade e citou que a medida traria um resultado “desastroso” para os aspectos sociais e econômicos.

Ele lamentou que boa parte do comércio campinense esteja fechado há quase 75 dias e disse que é necessário que as pessoas aprendam a viver com a realidade do novo Coronavírus, tomando todas as medidas de segurança que são recomendadas.

“Já caminhamos para 75 dias com grande parte dos segmentos sem poder funcionar e isso tem sido uma decretação de morte de vários CNPJ, que por sua vez leva à decretação de morte de CPF também”, frisou.

Segundo Artur, é necessário achar uma maneira de voltar às atividades, pois não se sabe se haverá de fato uma vacina contra a Covid-19. “Infelizmente, o Coronavírus é uma realidade e tem que se ter todos os cuidados. Mas é preciso criar uma maneira urgente de conviver e fazer com que a vida aconteça e a sociedade aprenda a viver com essa doença. Não sabemos quando teremos uma vacina e se teremos”, disse.

ACESSE TAMBÉM:

Campina Grande seguirá modelo usado em Portugal para retomada da economia, diz secretária

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp