Brasil destina 60% das suas Forças Armadas na luta contra um mosquito

© L.C. Soldado reparte panfletos informativos sobre o Zika em Copacabana.

O Brasil acordou no último sábado com 60% das suas Forças Armadas nas ruas para combater um inimigo minúsculo, mas capaz de colocar contra a parede um país de 200 milhões de habitantes. Militares da Força Aérea, da Marinha e do Exército percorreram as ruas de 350 cidades brasileiras em uma campanha de conscientização da população sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do dengue, chikungunya e do zika. O zika vírus é a última e principal das ameaças, após serem descobertas evidencias da sua associação à microcefalia em recém nascidos e ao síndrome Guillain-Barré, que provoca paralisia nas extremidades e até a morte, nos casos mais graves.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp