Brasil encara Alemanha nesta terça sob a sombra do ‘7 a 1’

A seleção brasileira enfrentará a Alemanha, nesta terça-feira (27), às 15h45 (horário de Brasília), no estádio Olímpico de Berlim. Será o tão esperado primeiro encontro entre ambos desde de o “7 a 1” da semifinal da Copa de 2014 que se transformou na maior catástrofe da história do futebol brasileiro.

Por mais que os atletas e a comissão técnica procurem suavizar o peso emocional da partida, a sombra da inacreditável goleada sofrida pelo Brasil estará presente – e incomodando – no grupo de Tite.

O treinador fará novos testes na equipe pensando no time que colocará em campo no Mundial da Rússia. Uma dessas mexidas será a entrada do meio-campista Fernandinho, um dos jogadores mais vaiados pela torcida naquela fatídica tarde de 8 de julho de 2014, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Neste jogo contra os alemães, Fernandinho deverá exercer função um pouco mais ofensiva daquela que faz no Manchester City, onde atua como um primeiro volante. Para o jogador, a partida poderá ser um recomeço, como destacou o zagueiro Miranda, em entrevista coletiva, no domingo.

Tal declaração comprova a ideia que todos estão encarando a partida de forma especial, não somente como um amistoso diante de uma das nações favoritas ao título.

Fernandinho estará do atacante Gabriel Jesus, com quem atua no City, e de outros dois companheiros de clube, mas do lado alemão: os meio-campistas Gündogan e Sané.

E se o Brasil terá desfalques importantes no duelo, casos do atacante Neymar e dos laterais-esquerdos Filipe Luis e Alex Sandro, todos lesionados, o técnico Joachim Löw também terá seus problemas para escalar a Alemanha.

As ausências no time alemão serão o goleiro Neuer (se recupera de cirurgia no pé esquerdo), os atacantes Thomas Müller e Özil (poupados por acordo entre a federação alemã e os clubes) e o meio-campista Emre Can (cortado devido a dores nas costas).

Desta forma, a provável equipe alemã para enfrentar o Brasil deverá ter a seguinte formação: Leno (Trapp), Rüdiger, Boateng e Ginter; Kimmich, Gündogan, Khedira (Goretzka) e Plattenhardt; Stindl, Werner e Sané.

Já o Brasil deverá ir a campo com: Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Fernandinho, Paulinho, Willian e Coutinho; Gabriel Jesus.

A seleção brasileira ainda fará outros dois amistosos antes da estreia na Copa, diante da Suíça, no dia 17 de junho, às 15 horas (horário de Brasília), em Rostov.

Os comandados de Tite enfrentarão as seleções da Croácia e da Áustria, nos dias 3 e 10 de junho, respectivamente, na Europa.

Da Redação com Cesar Sacheto/R7

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp