CABEDELO: População ‘obriga’ vereadores escolherem novo presidente da Câmara que assumirá Prefeitura

Foto: Reprodução

Diante da situação caótica que vive desde ontem, terça-feira (03), o município de Cabedelo, na Grande João Pessoa, devido as prisões do prefeito Leto Viana (PRP), do vice Flávio de Oliveira (PRP) e de nove vereadores incluindo a primeira-dama, Jaqueline França (PRP), na Operação Xeque-Mate deflagrada pela Polícia Federal, em conjunto com o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), a população invadiu com palavras de ordem na manhã de hoje, quarta-feira (04), a Câmara Municipal pedindo que os vereadores que restaram elejam o novo presidente da Casa que também assumirá a Prefeitura.

A pressão popular fez com que os vereadores, a portas fechadas, se reunissem e decidissem convocar os suplentes para tomarem posse no lugar de Josué Góes (PSDB), Belmiro Mamede (PRP), Rogério Santiago (PRP), Rosivaldo Galan (PRP), Moacir Dantas (PP), Jacqueline Monteiro França (PRP), Lúcio José (PRP), Tércio de Figueiredo Dornelas Filho (PSL), Rosildo Pereira (PEN) e Antônio Bezerra do Vale Filho (PRP) que foram afastados dos cargos.

Após a posse dos suplentes que deverá ocorrer até o final desta semana, será realizada a eleição da nova Mesa Diretora. O presidente eleito será intitulado prefeito e o vice-presidente assumirá o comando do Legislativo Municipal até que a situação do prefeito e do vice seja definida pela Justiça.

Vitor Hugo, Fabiana Régis, Josa Ribeiro, Moacir Dantas, Eudes Santos e Reinaldo Lima foram os seis vereadores que não foram afetados pela operação.

Redação

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp