Câmara de cidade do Sertão quer acabar nepotismo no serviço público e unificar eleições da Mesa Diretora

Duas matérias polêmicas serão analisadas pela Câmara Municipal de São Bento, na sessão que será realizada nesta quarta-feira, 19. A primeira matéria que será analisada pelos vereadores da Capital Mundial das Redes prevê o impedimento da prática de nepotismo no poder público municipal.

O projeto, de autoria do presidente da casa, vereador Adaildo Dantas (PSB), que tem o intuito de combate ao ato, inclusive nepotismo cruzado, que ocorre quando dois agentes públicos empregam familiares um do outro como troca de favor.

A informação foi repassada ao PB Agora pelo correspondente da Rede Correio Sat em São Bento o jornalista Leomarque Pereira.

O outro projeto também de Adaildo, versa da possibilidade da unificação das eleições da Mesa Diretora. Segundo o parlamentar, a propositura trata de uma emenda ao Regimento Interno da Câmara e à Lei Orgânica Municipal, com a finalidade de realizar as duas eleições para os biênios 2017-2018 e 2019-2020, no dia primeiro de janeiro de 2017.

A matéria foi inspirada na Assembleia Legislativa da Paraíba que antecipou as eleições e emplacou Adriano Galdino (PSB) para o primeiro biênio e Gervásio Maia Filho (PSB) para 2017 e 2018 respectivamente.

“Para que a ideia seja aprovada, são necessários os votos de 2/3 dos membros do Poder Legislativo, em dois turnos de votação”, afirmou o autor da proposta.

Fonte: PBAgora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp