Campinenses pedem antecipação de feriados para ‘forçar’ isolamento social na cidade e barrar propagação do novo Coronavírus

208
Foto: Reprodução/Rede social

O professor Devyison Cabeça iniciou em seu perfil no Instagram, nesta sexta-feira (22), uma campanha que pede a atenção do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), e dos vereadores para uma proposta que pode provocar o aumento do índice de isolamento social na cidade em meio a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Trata-se da antecipação de feriados.

Devyison escreveu: “Vamos pressionar o prefeito Romero Rodrigues e a Câmara Municipal dos Vereadores para votarem a antecipação dos feriados municipais de 2020. O prefeito precisa enviar o texto, só depois os vereadores votam. Isso precisa ser votado com urgência! Um mega feriado pode salvar vidas e frear o ritmo da disseminação da Covid-19 na Rainha da Borborema”. Confira a postagem que já registra com mais de 1 mil compartilhamentos no stories:

A publicação conta com mais de 30 comentários, entre eles o do secretário de Planejamento e membro do Comitê Gestor de Crise, Tovar Correia Lima (PSDB), que disse: “Não sei quais feriados podem ser antecipados com lei municipal, porém, deve-se levantar esse debate realmente, vejo com bons olhos a antecipação”.

Há quem seja contra a proposta. “Corpus Christi não pode ser antecipado, porque faz parte do calendário da Igreja. Vai antecipar o Natal também? Que insano!”, postou um internauta.

Outras autoridades políticas também estão sendo mencionadas nos comentários, como o governador João Azevêdo (Cidadania), o senador Veneziano Vital (PSB), o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), a secretária Estadual, Ana Cláudia (Podemos) e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Artur Bolinha (PSL).

Entende-se que durante feriados e finais de semana o número de pessoas em casa aumenta, ação que ajuda na melhora do índice de isolamento social que atualmente está na casa dos 40% quando o recomendado é 70%.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, mais de 400 casos foram confirmados na cidade, 84 apenas de quarta-feira (20) para quinta-feira (21), óbitos chegam a 12. O número de recuperados é 76 e mais de 500 testes deram negativo.

A ideia de antecipação dos feriados surge no mesmo dia em que cientistas do Consórcio Nordeste pedem que a Paraíba endureça as medidas de isolamento em João Pessoa e Campina Grande, com a possibilidade de lockdown. Também nesta sexta-feira o Ministério Público alertou para o colapso que o sistema de Saúde da cidade deve enfrentar nos próximos dias.

Redação Paraíba Debate

ACESSE TAMBÉM:

Bolinha lamenta comércio fechado há mais de 70 dias e sobre eventual lockdown em Campina Grande, afirma: “Desastroso”

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp