Candidata a vereadora de Lagoa Seca sofre pressão e ameaça do grupo do atual prefeito para mudar de lado

94

Em relato constrangido, a agricultora Severina da Silva Santos, 60, conhecida como Maroca relatou uma situação de assédio e ameaça praticada por pessoas ligadas ao grupo político do atual prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho. Muito nervosa, Maroca relata que não aguenta mais a pressão e o caso foi parar na Polícia Civil.

Candidata a vereadora pelo partido Avante e integrante do grupo do candidato a prefeito pela oposição Diego do Veleiro, em Lagoa Seca (PB), a idosa que é diabética relatou nesta quinta-feira (22) à direção do partido e à coordenação de campanha da coligação da qual faz parte, que vem sofrendo pressão e sendo ameaçada pelo grupo de Fábio Ramalho, a desistir da candidatura ou mudar de lado político.

O fato tem se registrado não só com ´Maroca´, mas com outros candidatos de oposição, inclusive alguns já se venderam ao prefeito, “Eu sou uma mulher honesta, de uma palavra só e não me vendo. Vou até o fim”, afirma a candidata.

Na manhã desta terça-feira ela prestou queixa on line do fato, relatando o seguinte no Boletim de Ocorrência e pedindo providências por parte da Justiça Eleitoral: “QUE DESDE QUE REGISTROU A SUA CANDIDATURA A VEREADORA PELO PARTIDO AVANTE ÀS ELEIÇÕES DE 2020 NO MUNICÍPIO DE LAGOA SECA VÊM RECEBENDO PRESSÃO PSICOLÓGICA DE CANDIDATOS A VEREADORES E DE APOIADORES DO CANDIDATO A REELEIÇÃO DE PREFEITO FÁBIO RAMALHO DA SILVA DO REFERIDO MUNICÍPIO; QUE JÁ NÃO AGUENTA MAIS, TANTAS LIGAÇÕES TELEFÔNICAS, VISITAS EM HORÁRIOS INDESEJADOS E TODO TIPO AMEÇAS, INCLUSIVE, DIZENDO QUE ELA PODERÁ PERDER A APOSENTADORIA; QUE SABE OS NOMES DOS QUE JÁ A PROCURARAM, QUE SE RESERVA NO DIREITO DE FALR EM AUDIÊNCIA; QUE JÁ COMUNICOU A DIREÇÃO DO PARTIDO, OPORTUNIDADE EM QUE MANDOU UM ÁUDIO EXTERNANDO O SEU NEVORSISMO DIANTE DE TUDO QUE VEM ACONTECENDO, PEDINDO PROVIDÊNCIAS JURÍCAS SOBRE O FATO”.

QUEM É MAROCA

Maroca é filha natural de Lagoa Seca, tem origem popular e na zona rural e sempre foi pessoa que trabalhou em busca de melhorias para a população, principalmente a mulher, geralmente vista como inferior em todos os aspectos com relação ao homem. “Precisamos mudar essa história. Desde sempre eu trabalhei e agora mais do que nunca estou disposta a trabalhar para ajudar a mulher batalhadora de Lagoa Seca”, disse Maroca ao confirmar sua pré-candidatura ao lado de Diego de Veleiro e Tota do Alface como candidatos a prefeito e vice-prefeito respectivamente.

O trabalho de Maroca sempre foi em defesa da mulher, principalmente a que trabalha e também a que ainda não teve uma oportunidade de mostrar sua capacidade e seu talento. Ela tem como meta, entre outras coisas, defender as comunidades da Vila Ipuarana (onde mora) e também a Vila Florestal, ambas necessitadas de políticas públicas. “A chegada de Maroca ao nosso grupo só reforça nosso compromisso de trabalhar em defesa do povo de Lagoa Seca, sempre buscando trabalho e justiça social para todos. Eles não aceitam isso e querem prejudicar uma mulher idosa e doente. Isso é uma vergonha e com certeza a Justiça será feita”, comentou Zezinho de Bola, coordenador da campanha de oposição.

Fonte: Rede de Notícias

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp