Dois pré-candidatos poderão brindar vices com comando da Prefeitura de Campina

7

A escolha dos nomes para vice-prefeito nas chapas do atual prefeito de Campina Grande, candidato à reeleição e do deputado federal Veneziano Vital do Rego, pré-candidato do PMDB, promete ser uma das mais disputadas das últimas eleições. Ambos já declararam em várias ocasiões, que em 2018, suas pretensões políticas passam pela volta ao Congresso Nacional e pelo governo do Estado, respectivamente. Nesta perspectiva, caso eleitos, só governariam durante dois anos, entregando à Prefeitura de Campina ao vice.

Diferente dos dois adversários, se o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino conseguir se eleger prefeito de Campina, ele não terá razões para deixar a Prefeitura e pleitear um cargo eletivo em 2018.

No caso de Romero e Veneziano, os vices poderão ser brindados, caso o tucano ou peemedebista seja eleito no processo eleitoral de outubro, com dois anos no comando da Prefeitura. A movimentação e as especulações em torno do nome que será o vice de Romero são intensas, já que ele poderá herdar dois anos de administração municipal.

Na lista já foram citados nomes como do deputado federal Rômulo Gouveia, dos deputados estaduais Bruno Cunha Lima e Tovar Correia Lima, além dos vereadores Antonio Alves Pimentel e Ivonete Ludgério, dentre outros.

Do lado de Veneziano Vital, as especulações começam à medida que a convenção se aproxima. Inicialmente foi cogitado o nome de Caio Roberto (PR), filho do deputado federal, que na última semana aderiu à pré-candidatura do socialista Adriano Galdino.

Atualmente, há conversações do grupo com o PP da família Ribeiro e outros partidos que o grupo pretende conquistar.

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp