Cássio Cunha Lima assume a presidência do Senado na sexta-feira (13)

Com a saída de Eunício Oliveira (PMDB-CE), que viajará para o Japão, o senador Cássio Cunha Lima assumirá interinamente o cargo. O paraibano que é vice-presidente do Senado da República ficará no comando por 10 dias. Na presidência da República, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assumirá interinamente por dois dias o cargo por causa da viagem de Michel Temer para Lima, no Peru, onde acontece a Cúpula das Américas.

De acordo com a ordem sucessória, na ausência de um vice-presidente, quem deveria assumir seria o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ou o presidente do Senado, Eunício Oliveira, mas ambos serão candidatos eleições de outubro, fato que os impede, pela legislação eleitoral, de assumir um cargo do Executivo, além de estarem viajando nos próximos dias.

Na ausência do presidente e vice, e dos presidentes da Câmara e Senado, a presidente do Supremo Tribunal Federal, sendo a próxima na linha sucessória, assume o posto.
O último presidente do Supremo a ocupar o cargo de presidente da República foi o ministro Ricardo Lewandowski, em setembro de 2014, em uma situação semelhante à atual.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp