Cássio diz que rejeição de contas de Dilma no TCU confirma “estelionato eleitoral”

Foto: George Gianni/PSDB

O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima, afirmou que a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), de recomendar, por unanimidade, a rejeição das contas da presidente Dilma Rousseff (PT) confirma o “estelionato eleitoral”.

“Fica caracterizado o abuso de poder político e econômico, além do crime de responsabilidade. O Congresso Nacional falará pela nação”, disse.

O parlamentar avalia que a decisão da Corte respalda e fortalece a possibilidade de impeachment contra a petista.

“O impeachment é um processo que exige alguns pré-requisitos. Primeiro, o crime de responsabilidade fiscal, que ficou caracterizado com a rejeição das contas pelo TCU. O segundo, o ambiente político, que está cada vez mais maduro nessa direção. E o terceiro, a insatisfação popular. Porque esta Casa, o Congresso, representa o povo, e povo brasileiro não tolera mais esse estado de coisas. Então, os ingredientes começam a se misturar, e a receita para o impeachment de Dilma está quase pronta”, disse.

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp